Receba nossas novidades em seu e-mail!

O que é implante capilar?

Implante capilar, ou transplante capilar, é uma técnica cirúrgica que consiste em remover folículos capilares de uma parte do corpo, chamada parte doadora, para uma parte calva do corpo, chamada de parte receptora. Seu principal uso é para tratar a calvície masculina. Nesta técnica, minimamente invasiva, enxertos contendo folículos capilares que são geneticamente resistentes à calvície são transplantados para áreas calvas do couro cabeludo. O implante capilar também pode ser usado para restaurar cílios, sobrancelhas, pelos da barba, pelos do peito, pelos pubianos ou para disfarçar cicatrizes causadas por acidentes or cirurgias, tais como cirurgias plásticas no rosto ou transplantes capilares anteriores. Os implantes capilares são bem diferentes das técnicas de enxerto de pele, pois consistem no transplante de vários pequenos enxertos, ao invés de um único enxerto contendo uma grande parte de derme e hepiderme.

Uma vez que o cabelo cresce naturalmente em grupos de 1 a 4 fios, as técnicas atuais mais avançadas consistem em coletar e transplantar essas "unidades foliculares" em seus grupos naturais. Desta forma, implantes capilares podem alcançar uma aparência natural, imititando a natureza do cabelo.

Atualmente, a técnica mais utilizada de implante capilar/transplante capilar é conhecida por STRIP (tira, em tradução literal). Além dela, outra técnica bastante utilizada, é conhecida por Transplante Folicular Unitário (em inglês, FUT - Follicular Unit Transplantation).

STRIP

Neste procedimento, uma tira do couro cabeludo é removida, utilizando-se anestesia local. A área exposta é suturada, ligando-se as extremidades remanescentes do couro cabeludo, e a tira de couro cabeludo retirada é cortada em pequenas partes de tecido chamadas enxertos, que são então transportados para pequenas áreas receptoras, preparadas pelo cirurgião na região calva do paciente. Este método geralmente resulta em uma fina cicatriz na região doadora, que acaba sendo coberta pelo cabelo do próprio paciente.

O período de recuperação é de aproximadamente 2 semanas e a remoção dos pontos e/ou grampos deve ser realizada por pessoal médico especializado.

Transplante Folicular Unitário

No Transplante Folicular Unitário, unidades individuais do folículo capilar, contendo de 1 a 4 fios de cabelo, são extraídos utilizando-se anestesia local. Para realizar esta micro extração, geralmente utilizam-se finas agulhas, com diâmetro entre 0.6mm e 1.0mm. Cada folículo é inserido em uma pequena área recipiente, através de uma ferramenta específica utilizada pelo cirurgião.

Uma vez que os folículos são removidos individualmente, o resultado é que apenas pequenas cicatrizes, geralmente imperceptíveis, surgem e as dores do pós-operatório são minimizadas. Ainda, já que não se faz necessária a remoção de qualquer sutura, a recuperação do procedimento demora aproximadamente 7 dias.

Como desvantagem, alguns cirurgiões alertam que este procedimento pode ter uma taxa de sucesso menor, quando comparada à STRIP. Outros alertam ainda que, caso o paciente necessite de um novo transplante, pode ser difícil encontrar uma faixa do couro cabeludo rica em folículos após um Transplante Folicular Unitário.

Conclusão

A busca pela cura da calvície é um tema que desperta o interesse de muitos homens e mulheres. Embora existam atualmente algumas alternativas eficientes para o tratamento capilar, os implantes capilares continuam sendo a opção mais efetiva para a cura da calvície.

AddThis: